segunda-feira, 5 de julho de 2010

O trapezista


Com a palavra, Sápô (Sabrina Nakamura)

Olá, bom é difícil escrever algo sobre circo, quando vou ao circo gosto de tudo...fico querendo olhar tudo, admirando...vendo a superação das pessoas. Se você já tentou fazer algo do circo já sabe como é vencer limites!
Sápô fazendo arte
Um dia fui no circo do Marcos Frota, mas de tudo o que eu vi quero contar sobre os trapezistas voadores, eles precisam de muita confiança para fazer o que fazem e treinam muito pra isso, no trapézio existe duas modalidades aqueles que tem que sair de um trapézio a outro e aquele que fica em um trapézio só pegando aqueles que saem do trapézio.
Nesse circo que fui o cara que ficava pegando os outros era bem forte, afinal ter que agüentar o impacto de pegar outra pessoa no ar tem que ser assim né, tinha um outro que tentou várias vezes acertar o salto e não conseguiu até que desistiu...essa imagem já ta na minha cabeça a dias...porque fiquei pensando Deus é assim com a gente, Ele ta lá no outro trapézio esperando para nos pegar e a gente fica tentando acertar de chegar até Deus...mas sabe, apesar do cara lá do circo ter desistido de tentar o outro cara tava lá independente se ele acertasse ou não...pronto para que ele tentasse mais uma vez . O que mais me deixa com um nó na garganta é que Deus é assim, Ele vai estar lá...nós é que desistimos de tentar chegar até Ele!

Bjus
Sápô
Visite meu blog: http://www.itstime.blogger.com.br

Oi meninas, gostaram da palavra da Sápô? A Sapinho, como a chamo carinhosamente, é uma amiga muito queria e talentosa. Ela é missionária pela Jocum, fez uma escola de circo e desenvolveu ainda mais o dom que ela já tinha. Vocês podem ver um pouquinho pelas fotos dela no Trapézio. Ela é uma benção além de ser divertida e ousada em Deus.
Façam uma visitinha também no Blog dela. Ela está indo pra África este mês, na mesma equipe que a Karin. E quem sabe não conseguimos outro ponto de vista sobre o trabalho que eles farão lá, heim!! tomara!! rs..

Bom, espero que tenham gostado. Tenho procurado apresentar a vocês diferentes perspectivas do Reino... porque como vemos o mundo através dos nossos sentidos, ele faz sentido de uma forma diferente pra cada um e na diversidade Deus nos ministra o novo. Por isso, mantenha o coração aberto!!

No amor do Papis,
Patty Dutra




Um comentário:

Fanikita disse...

Olá, adorei seu blog..e estou te seguindo,estou começando o meu blog agora e seria um pazer se vc me seguisse tbm!
um bjo,fique na Paz!