segunda-feira, 26 de julho de 2010

Como criança


Há alguns dias Deus me chamado a atenção para coisas simples.... bem simples. Uma delas é como as crianças vêem a vida, os problemas, e os detalhes.

A Bíblia nos diz para sermos como crianças para entrarmos no Reino dos céus e é bem interessante e ministra muito ao coração observarmos as crianças.

Você tem sido como criança, ou tem carregado todo o peso de ser adulto?

Hoje aconteceu uma situação aqui em casa com nosso caçula onde pude observar a real necessidade de uma criança. Sempre falamos para as crianças da familia para descerem as escadas pelo canto, se apoiando na parede e olhando por onde vão e para não descerem da escada passando pelo sofá (pisando nele - eles adoram fazer isso!) .. e hoje o pequeno foi desobedecer e não sei o que aconteceu exatamente, mas ao tentar descer pelo sofá ele foi parar de cabeça no chão... e chorou muito (não sei se só pela dor ou também pela bronca que tomou dos pais)... Eu olhei para ele chorando no sofá, o pai brigando.. e no rostinho eu vi: Ele estava magoado (aprendi a ler as feições desse pequeno).. Então, no meio do seu choro desesperado (e magoado) eu me sentei ao seu lado e disse: Quinho, eu sei que sua cabeça está doendo. Isso dói mesmo! A tia já bateu de cabeça e sabe. E sei que você também tá triste... mas tá tudo bem. Nós te perdoamos, tá? Você se perdoa por ter desobedecido e batido com a cabeça? Ele acenou que sim ... e foi parando de chorar. Falei pra ele segurar o gelo aonde tinha batido, que ainda doeria, mas que passaria logo. E ele foi se recompondo.
Coisas tão pequenas podem marcar uma criança tão negativamente, mas aqui não quero chamar a atenção para isso, mas para o fato de que uma criança é simples e resolve suas coisas tão facilmente, tão rapidamente.. não passou muito tempo e ele já não chorava, embora ainda sentisse a dorzinha do tombo. No fundo, naquela hora de susto, ele só queria um colo, alguém que entendesse que estava doendo e que o ajudasse. Encontrou compreensão e seguiu em frente.

Também vi esses dias crianças em muitas outras situações... todas com algo a nos ensinar, todas simples...

Mas como nós olhamos a vida? Temos complicado o que não precisa? Tenho me preocupado com aquilo que nunca foi feito para ser um fardo pra mim? Crianças não se preocupam e quando o fazem é tão rápido, tão passageiro,... logo mergulham em seu mundo de brincadeiras onde sabiamente expressam suas emoções.

Você pode dizer: "Ah, mas uma criança não tem que pagar as contas no fim do mês." E é verdade! Mas lembra do post "Criança nervosa não ganha nada"??? Nossa preocupação não resolve nada.(Mais ainda assim a gente escolhe se preocupar). Isso não acrescenta nem mais um segundo a nossa vida, então, qual o sentido de se preocupar? Não estou dizendo que você deve ser irresponsável, nada disso! Mas você precisa, sim, crer que Seu PAI cuida de ti e lhe dá tudo o que você precisa - a seu tempo!. Crer de que todas as coisas estão no controle do Pai. Ele cuida bem melhor que você!

O que você tá precisando reaprender hoje com uma criança? A não se preocupar? A observar mais? A brincar mais? A curtir o que lhe é dado? A se importar com um amiguinho? A dividir? A confiar no seu Pai? A perdoar e seguir em frente? A SE PERDOAR?

Coragem! Você também consegue ser como uma criança. Eu quero ser como elas!

Descomplique fofa!!

No amor do Pai,
Patty Dutra

5 comentários:

Naa Marques disse...

Muito benção esse texto querida..
Precisava ler essas palavras.
Tenho que reaprender algumas coisas.
Ore por mim.
Fique com Deus
Abraço!
www.vacilolevanatesta.blogspot.com/

Mariana disse...

Uau!! Que tremendo Patty!! Amei!!Que Deus continue te usando!!Bjoss

Patty Dutra disse...

Obrigada pelos coments meninas! Estou aqui pra abençoa-las e é bom qdo sei que isso está acontecendo!.
Naa, vou orar e Mari, continue voltando.
bjus

Mêlany Verissimo disse...

adorei isso! realmente a gente complica demais a vida! vamos ser como criancinhas ^^

Little light disse...

ó, com certeza.. agora sou neném rs.
muito bom patty! bjjj

http://pequenaluzz.blogspot.com/