segunda-feira, 1 de novembro de 2010

O que será que tem no Beleléu



Quando era pequena ficava imaginando se existia um lugar chamado beleléu. Ouvia os adultos conversando e falando “ah.. aquilo/aquele foi pro beleléu”. Seria talvez o beleleu um lugar para pessoas desaparecidas, ou um lugar de objetos ‘perdidos & achados”?

Hoje com 27 anos já sei que “ir para o beleléu” é apenas uma expressão usada para falar que alguém sumiu ou que algo se foi. Porém creio que existe sim um “beleléu” em cada ser humano. Estranho? Sim, mas entre na minha imaginação por um instante:

Imagine uma porta enorme, grande e pesada de madeira maciça que se abre lentamente. Ao entrar você se depara com um lugar que parece ser um depósito cheio de prateleiras do teto ao chão. São inúmeros os itens que existem nas prateleiras, alguns são bem óbvios e outros nem tanto.

Cada objeto tem um nome. Uns se chamam de términos de namoro, morte de um parente querido ou perda de um emprego prestigiado. Outros são coloridos pela metade, declarações de amor com reservas, verdades pela metade e conversas que pararam antes do final. Ao entrar pela porta é impossível não sentir um “dejavu”, pois alguma vez já fomos para lá, porém vivemos tentando esquecer.

O meu maior amigo ás vezes me leva para o beleléu. É só com Ele que consigo abrir aquela porta pesada de madeira e deixar com que Ele me ajude a terminar o que preciso terminar. É só com Ele que consigo saber que tudo vai ficar bem, mesmo no meio da tristeza e vergonha que ali encontro. Com calma Ele pega cada objeto, o retrato quebrado de um inimigo, uma flor amassada de um ex-namorado, uma carta de perdão escrita pela metade, e depois coloca em minhas mãos.

Aos poucos vou olhando para aquilo que tanto não queria enfrentar e com Ele vou conversando enquanto Ele me instrui. Às vezes Ele diz: cole de volta esse pedaço, pinte novamente essa parte, termine esta carta e assim vai. Depois desse tempo eu o abraço fortemente e O amo cada vez mais.

O que será que está atrás da porta pesada que você tanto não quer abrir? O que é aquilo que você no fundo sabe que precisa terminar? Não tenha medo, chame o meu amigo Espírito Santo – Ele irá com você, basta pedir e querer. Enfrente o passado, limpe o que está empoeirado, fale o que faltou falar, perdoe seu inimigo, aprenda a se perdoar, ame o traidor, se declare para quem você ama, se humilhe para ter graça. O meu melhor amigo será o seu também, e posso dizer que com Ele eu vou pra qualquer lugar.

Z.L.

Como "conheci" a Zoe:
Este ano eu participei de uma conferência em SP onde a Banda que a Zoe faz parte tocou.... Daí depois disso eu a encontrei na rede, e soube que era irmã do Théo, que eu havia conhecido em outra conferência em Curitiba. risos... Dai comecei a segui-la no twitter e add no facebook. Depois foi consequência descobrir seu blog para as meninas do discipulado dela. Mas é claro que outras meninas acessam , como eu!! Eu me amarrei tanto nos textos e receitas dessa menina que pedi sua autorização para postar aqui. Com os devidos créditos. CLAROOO!!
A Zoe é uma jovem de Deus, cheia de conteúdo e muito talento. Ela canta, cozinha, pinta, e faz mais um milhão de coisas, pelo que tenho visto, todas muito bem! Glória a Deus pela vida dela!
Então, contato dela para vocês:
Twitter @ZoeLilly

Espero que tenham sido abençoadas assim como eu tenho sido por ela.

No amor do Papai,
Patty Dutra

2 comentários:

Nathália disse...

Nossa, eu amei..mesmo! Uma benção!

mil beijooossssss***

Jack and Joe disse...

Extremamente criativo =D Adorei o wordpress da Zoe, uma fofuraaa